Você está aqui:  / Como fazer / Segunda Sem Carne / Vegetais / Vegetariana / Cenouras coloridas na manteiga de ervas

Cenouras coloridas na manteiga de ervas

CenourasColoridasNaManteigaDeErvas_CozinhandoPara2ou1

De uns tempos para cá tenho consumido muita comida alaranjada (já repararam nas últimas fotos daqui e do Instagram? 😉 ), coincidentemente ou inconscientemente. O fato é que descobri que os vegetais desta cor possuem bastante betacaroteno, o que favorece um belo bronzeado e, como estamos chegando no verão e a minha pele branquinha sempre queima muito no sol, tenho achado até positivo.

Mas há algum tempo encontrei cenouras coloridas no mercado e me apaixonei por elas. Felizmente tenho as encontrado mais frequentemente e, desde então, meus pratos andam mais diversificados. Aproveitei um dia em que estava mais preguiçosa para fotografar uma receita super básica mas indispensável para quem está começando a cozinhar. A manteiga de ervas dá um charme especial à refeição. Mais uma para a série Como Fazer.

1 cenoura média ou cenouras coloridas em rodelas
1 colher de sopa cheia de manteiga de ervas (ou de manteiga comum)
1/4 de cebola ralada
Sal e pimenta do reino a vontade

Como eu tinha lindas cenouras coloridas, usei rodelinhas de cores diferentes. Sugiro cortar na diagonal para o prato ficar mais bonito.

Aqueça uma frigideira, derreta a manteiga em fogo bem baixo para não queimar e coloque a cebola para refogar rapidamente. Acrescente a cenoura. Deixe refogar por uns 2 ou 3 minutos e vire as rodelinhas. Deixe cozinhar por mais 2 ou 3 minutos — eu prefiro deixar a textura mais crocante, deixe um pouco mais para que fique macia.

ComoFazerCenourasColoridasNaManteigaDeErvas_CozinhandoPara2ou1

 

Tempere com sal e pimenta do reino e coloque no prato.

Esta quantidade serve uma pessoa. Eu acompanhei de um filé de peixe empanado e uma saladinha verde com queijo ralado.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

dezesseis − treze =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram